Navigation

Suíça obtém três milhões de doses da vacina Pfizer/BioNTech

A vacina Pfizer/BioNTech emprega a nova tecnologia mRNA. Keystone / Biontech Se / Handout

A Suíça assinou um acordo com um terceiro fabricante de vacinas contra a Covid-19 para três milhões de doses. Um contrato foi assinado com a Pfizer e BioNTech, coprodutores da vacina mRNA, enquanto se aguarda a aprovação da agência reguladora Swissmedic.

Este conteúdo foi publicado em 07. dezembro 2020 - 16:13
swissinfo.ch/fh

Cerca de 4,5 milhões de doses de outra vacina já foram encomendadas com a empresa farmacêutica norte-americana Moderna e outras 5,3 milhões de doses da empresa britânico-sueca AstraZeneca. O governo disseLink externo na segunda-feira que a adesão à iniciativa COVAXLink externo da Organização Mundial da Saúde garante uma cobertura de vacinas para 20% da população suíça.

A vacina Pfizer/BioNTech exigiria duas doses por pessoa, o que significa que o fornecimento inicial cobriria 1,5 milhão de pessoas.

Em um comunicado à imprensa, o governo disse que "a qualidade, segurança e eficácia das vacinas contra a Covid-19 são cruciais. Elas devem ser aprovadas pela Swissmedic e recomendadas pelo Ministério da Saúde antes de serem utilizadas".

No início deste mês, a Swissmedic disse que ainda estava esperando por dados importantes sobre segurança, eficácia e qualidade de todos os três fabricantes.

Gratuito

A Suíça destinou 400 milhões de francos (448 milhões de dólares) para garantir o fornecimento de vacinas. As vacinas serão oferecidas gratuitamente com prioridade para os grupos mais vulneráveis e trabalhadores da saúde. O exército será mobilizado para garantir a estocagem e distribuição e para criar centros de vacinação.

O governo disse na segunda-feira que ainda estava negociando com outros fabricantes de vacinas.

"Como ainda não está claro quais vacinas prevalecerão, o governo está visando uma série de vacinas SARS-CoV-2 baseadas em diferentes tecnologias (baseadas em mRNA, proteínas ou vetores)", disse.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo