Creches caras acolhem uma em cada três crianças na Suíça

Esta creche em Zurique é uma das cerca de 3.200 creches da Suíça Keystone

Uma em cada três crianças na Suíça frequenta uma creche. As vagas são caríssimas e os cantões estudam, agora, formas de reduzir os custos para os pais.

Este conteúdo foi publicado em 05. outubro 2020 - 08:00
swissinfo.ch/fh

Segundo um relatório publicado no domingo pela Conferência dos Diretores Cantonais de Assuntos Sociais, existem cerca de 3.200 creches e 100.000 lugares de acolhimento infantil na Suíça, o que mostra pela primeira vez a situação geral na país. Com base nestes números, a conferência estima que 180.000-200.000 crianças são regularmente cuidadas em uma creche.

Nos últimos anos, os cantões e municípios se concentraram em aumentar a quantidade de vagas. De agora em diante, eles se concentrarão na qualidade, disse a conferência em uma declaração.

"Os cuidados complementares à família só podem ser perfeitamente eficazes se forem de boa qualidade e se forem fornecidos com os recursos adequados", disse a conferência.

A conferência explicou que a qualidade da oferta dependia de vários aspectos, como o número de funcionários, seu treinamento e os conceitos pedagógicos.

Praticamente todos os cantões têm padrões de qualidade e modelos diferentes para garantir a qualidade, disse o relatório. Por exemplo, na parte francófona da Suíça, ao contrário da Suíça de língua alemã, e necessário ter formação superior e experiência profissional para a gestão de creches.

Custos elevados

O financiamento também desempenha um papel na qualidade e no uso dos serviços, com muitos pais desistindo de por suas crianças em uma dessas instituições por causa dos custos, observou a conferência.

"O fato é que na Suíça os pais continuam a pagar a maior parte dos custos do cuidado das crianças. Suas contribuições financeiras são muito altas em comparação com os países vizinhos".

"Isto dificulta a participação das mulheres no mercado de trabalho". A fim de melhorar a compatibilidade da família e do trabalho e explorar melhor os efeitos positivos do acolhimento infantil, as contribuições dos pais teriam que ser reduzidas".

As creches operam em unidades de meio dia, geralmente com um requisito mínimo de assistência de três meios dias por semana. As creches privadas custam CHF60-CHF150 ($65-$163) por dia nas cidades de Berna e Zurique. Um lugar subsidiado para uma família de baixa renda pode custar no mínimo CHF10. A maioria das creches oferece pequenos descontos aos irmãos.

Nos próximos meses, a Conferência dos Diretores Cantonais de Assuntos Sociais, juntamente com a Conferência dos Secretários Cantonais de Educação, analisará formas de aliviar a carga financeira dos pais e até que ponto os padrões qualitativos mínimos no cuidado infantil suplementar podem levar a um melhor equilíbrio entre trabalho e vida pessoal e mais igualdade de oportunidades para as crianças.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo