Mercado financeiro suíço tenta se reinventar

A tecnologia por trás dos bitcoins e blockchains

Muitos veem uma tecnologia revolucionária que vai transformar a forma como trocamos quase tudo de valor.

swissinfo.ch

Mas na verdade, o que é essa tecnologia chamada de contabilidade distribuída (DLT), como ela funciona e quem se beneficiará dela?

Começando como a base das criptomoedas, como o bitcoin, a DLT evoluiu na última década para abranger uma série de outros aplicativos. Blockchain, o exemplo mais famoso da DLT, foi exultado por alguns como a tecnologia do futuro e ridicularizado por outros como uma ferramenta de fraude e lavagem de dinheiro.

Isso porque ele permite que grupos de pessoas armazenem e façam transações com segurança sem a necessidade de intermediários terceirizados, como bancos e advogados. Os defensores da tecnologia dizem que esse arranjo também cortará custos e acelerará as transações.

A DLT foi orientada para mudar a maneira como gerenciamos nossos dados privados e finanças pessoais. Ela possibilita também inúmeros usos nos setores produtivos, desde finanças até cadeias de suprimento.

Além disso, a tecnologia também promete lidar com o comércio de produtos falsificados, proteger os dados de pirataria e fraude e manter registros históricos precisos das transações com o consentimento de seus usuários.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo