Navigation

Pessoas sem religião são quase 30% da população suíça

Catedral Grossmünster em Zurique, em 24 de janeiro de 2021: Por causa da pandemia, os cultos estão limitados a 50 pessoas. © Keystone / Gaetan Bally

O número de residentes sem religião disparou ao longo dos últimos 20 anos. Em 2019, quase um terço (29,5%) dos maiores de 15 anos não pertenciam a nenhuma religião, comparado a 11,4% em 2000.

Este conteúdo foi publicado em 27. janeiro 2021 - 13:30
swissinfo.ch/fh

A porcentagem de pessoas sem religião na Suíça em 2019 aumentou 1,6 pontos percentuais a mais do que no ano anterior, de acordo com os números divulgados pelo Departamento Federal de Estatística na terça-feira.

Entre os residentes estrangeiros, 35,1% não têm afiliação religiosa - 1,7 pontos percentuais a mais do que em 2018.

Para os suíços, o número é ligeiramente menor (27,6%), mas aumentou 1,5 pontos percentuais no espaço de um ano. A proporção de pessoas sem qualquer afiliação religiosa é particularmente alta entre os acadêmicos, onde se situa em 43,7%, e os altos cargos de direção, onde um em cada três não tem religião.

No total, 34,4% dos adultos que viviam na Suíça em 2019 diziam ser católicos romanos; 22,5% eram protestantes. Cada religião havia perdido uma fração de um ponto percentual desde 2018.

Há 50 anos, praticamente todas as pessoas na Suíça pertenciam a uma das duas denominações nacionais, sendo que os protestantes superavam ligeiramente os católicos.

Após um ligeiro declínio em 2018, o número de muçulmanos aumentou ligeiramente para 5,5% da população, em comparação com 5,3% no ano anterior. As comunidades judaicas representam 0,2% da população, menos da metade do tamanho das comunidades hindu e budista, que representam 0,6% e 0,5% respectivamente, inalteradas em relação ao ano anterior.

O declínio geral da filiação religiosa também se reflete na prática: mais de um terço dos adultos que vivem na Suíça nunca comparecem aos serviços religiosos e 45% não haviam rezado nos 12 meses anteriores à pesquisa. Pelo menos um quarto diz ter uma conversa diária com Deus.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.