Navigation

Funcionários suíços querem voltar ao escritório - mas não todos os dias

Quase um terço dos funcionários mais jovens não quer retornar aos seus escritórios. Keystone / Peter Schneider

A maioria dos suíços que estão trabalhando em casa sente falta do contato pessoal com seus colegas - mas deixar de trabalhar de casa está fora de questão, de acordo com um estudo.

Este conteúdo foi publicado em 30. março 2021 - 09:10
swissinfo.ch/fh

Quer se trate de "brainstorming" em torno de um "flipchart" ou de fofocas em torno da máquina de café, a maioria dos suíços quer retornar ao seu local de trabalho após a pandemia, mas ainda assim eles preferem trabalhar de casa em alguns casos.

Dois terços dos funcionários são a favor de tal solução, de acordo com uma pesquisa representativaLink externo da consultora Deloitte, publicada na semana passada.

"Os últimos 12 meses mostraram que o trabalho remoto funciona muito bem para muitas pessoas. O fato de que tão poucos querem voltar ao escritório completamente após a pandemia confirma isto", disse Reto Savoia, CEO da Deloitte Switzerland.

"Uma clara maioria quer uma mistura adequada de trabalho remoto e presença no escritório para o trabalho no futuro e quer tirar proveito de ambos os modelos de trabalho".

Apenas 12% queriam trabalhar no escritório em tempo integral, com funcionários acima de 50 anos muito mais propensos a querer retornar completamente ao escritório (16%) do que os com menos de 30 anos (9%).

Entretanto, mais de um quarto dos entrevistados também deseja não ter que voltar ao escritório e poder trabalhar de casa o tempo todo. Os funcionários mais jovens (31%) manifestaram esse desejo com mais frequência do que os funcionários mais velhos (22%).

Benefícios para a produtividade

De acordo com Savoia, a tendência para o home office traz oportunidades para os funcionários, tais como arranjos familiares mais fáceis, mas também para as empresas. Por exemplo, ao permitir que os funcionários trabalhem de casa, uma empresa pode aumentar seu raio de ação ao procurar novos funcionários.

As dúvidas sobre a produtividade dos funcionários em home office são infundadas, de acordo com os entrevistados. A metade disse que eles eram mais produtivos em home office do que no escritório. Mais de um terço disseram ser igualmente produtivos em casa ou no escritório. Apenas 16% disseram que sua produtividade sofria em casa.

A Deloitte realizou uma pesquisa representativa entre 12 e 23 de fevereiro com cerca de 2.000 pessoas em idade de trabalhar que vivem na Suíça. Em fevereiro de 2021, 52% da população ativa na Suíça estava trabalhando total ou parcialmente de casa. Para 36%, trabalhar de casa não era possível devido à natureza de sua profissão.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.