Navigation

Compras através de smartphones impulsiona comércio online

As compras pela internet representam uma fatia cada vez maior do mercado varejista suíço, com as compras via smartphone se tornando mais populares entre os consumidores.

Este conteúdo foi publicado em 24. junho 2019 - 07:45
A tendência suíça de comprar pela internet beneficia especialmente os varejistas estrangeiros Keystone

No ano passado, os consumidores suíços fizeram pedidos pela internet no valor total de quase CHF 10 bilhões (US$ 10 bilhões), de acordo com o "E-Commerce Report 2019". Isso representa um aumento de 10% em comparação com o ano anterior.

O crescimento das compras via telefones celulares foi particularmente forte no ano passado, diz o relatório.

Como em anos anteriores, empresas estrangeiras como a Amazon se beneficiaram particularmente da vontade dos suíços de fazer compras. De acordo com o relatório, nos últimos cinco anos, os fornecedores estrangeiros se desenvolveram duas vezes mais rápido do que os seus concorrentes locais.

Uma razão para comprar no exterior pela internet é que certos produtos não estão disponíveis na Suíça, de acordo com o autor do relatório, o professor Ralf Wölfle, da Universidade de Ciências Aplicadas do Noroeste da Suíça (FHNW). Ele disse que alguns produtos também eram muito caros na Suíça.

A situação continua preocupante para os varejistas tradicionais do país. A principal atração das compras online é que os consumidores não dependem do horário de funcionamento das lojas e "eles têm acesso a uma gama de itens muitas vezes maior do que em uma loja normal", diz Wölfle.

Espera-se que o crescimento do comércio eletrônico continue inabalável por enquanto. Cerca de dois terços dos entrevistados para o relatório assumem que as vendas online aumentarão 50% ou mais até 2025. Nem um único entrevistado esperava uma queda.


Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.