Navigation

Resorts alpinos oferecem testes de Covid em massa para evitar novos focos

As estações de esqui mais populares provavelmente verão muita gente se misturando, especialmente durante as férias escolares. Keystone / Leandre Duggan

O cantão suíço ocidental de Vaud se tornou o último a lançar testes em massa do Covid-19, com um esquema piloto em suas três maiores estações de esqui.

Este conteúdo foi publicado em 05. fevereiro 2021 - 14:28
RTS/jc

A partir desta sexta-feira, o cantão está oferecendo testes gratuitos e voluntários no período que antecede a semana de férias escolares a partir de 20 de fevereiro. A campanha começa na estância de Villars-sur-Ollon, e depois irá para Les Diablerets e Leysin.  Os testes estão sendo oferecidos a qualquer pessoa acima de 12 anos de idade, incluindo não-residentes. 

O objetivo é "salvar o fim da temporada de esqui", de acordo com as autoridades de Vaud, e evitar novos focos de coronavírus, como aconteceu em Verbier em dezembro. Verbier está no cantão vizinho do Valais, que deve seguir o exemplo com testes.  

A Suíça tem mantido suas estações de esqui abertas apesar da pandemia, provocando uma certa tensão com os países vizinhos. 

As estações de esqui estão sob escrutínio porque "elas terão muita mistura de pessoas nas próximas semanas", disse a líder do governo de Vaud, Nuria Gorrite, à emissora pública RTS, na quinta-feira. "Queremos evitar que o vírus seja transportado de um lugar para outro. O que os resorts menos precisam é se tornar clusters [bolsões de infecção] nacionais"! 

Outras regiões e estações de esqui já introduziram medidas semelhantes, entre eles o cantão dos Grisões a estância de Wengen no cantão de Berna, onde a icônica corrida de esqui Lauberhorn teve que ser cancelada por causa do coronavírus.


Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.