Navigation

Embaixadas suíças entregarão documentos de votação em caráter experimental

A ideia é ver se o serviço da mala diplomática é mais eficaz do que os correios de alguns países, entre eles o Brasil. Keystone / Peter Klaunzer

Cerca de 800 cidadãos suíços que vivem na Austrália, Brasil e Tailândia receberão seus documentos de votação através de suas embaixadas como parte de um estudo para testar o bom funcionamento do sistema.  

Este conteúdo foi publicado em 23. abril 2021 - 14:08
swissinfo.ch/fh

Os documentos de votação serão enviados por correio diplomático às respectivas embaixadas e encaminhados aos eleitores através do serviço postal local. Somente as pessoas que têm direito a votar nos cantões de Argóvia, Ticino e Genebra farão parte do projeto piloto para a votação de 13 de junho, disse o governo em um anúncio na sexta-feira (23).  

Suas experiências serão registradas através de uma pesquisa e comparadas com um número similar de expatriados suíços nesses três países que receberão seus documentos de votação via correio internacional, como é a norma atual.  

"Estes eleitores serão questionados quando receberem seus documentos de votação e quando emitirem seus votos". Os cantões também registrarão quando esses votos emitidos no exterior chegarem aos postos de votação nas localidades em questão", disse o governo.  

A mudança vem depois de repetidas reclamações dos suíços no exterior sobre a privação de direitos de voto causada por atrasos dos correios internacionais. Os atrasos significaram que alguns suíços do estrangeiro não receberam seus documentos de votação com a antecedência suficiente para poder votar.  

"Uma comparação dos dois meios de entrega deveria fornecer informações sobre a eficácia e o custo do método alternativo de entrega", disse o governo. 

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.