Navigation

Federer enfrenta Davydenko nas quartas de final

Federer despachou Hewitt em Melbourne. Reuters

O tenista suíço Roger Federer derrotou o australiano Lleyton Hewitt, nesta segunda-feira, e vai enfrentar na quarta-feira o russo Nikolay Davydenko, para quem perdeu nos últimos dois confrontos.

Este conteúdo foi publicado em 25. janeiro 2010 - 14:08

Nas oitavas de final, o número 1 do tênis mundial acabou com o sonho de Hewitt no Australian Open, derrotando-o por três sets (6/2, 6/3, 6/4), em 1 hora e 55 minutos.

Detentor de 15 títulos de Grand Slam, três deles conquistados em Melbourne, Federer variou bem seus ataques e quase não deu chances a Hewitt.

O suíço conseguiu quebrar cinco vezes o serviço do adversário contra apenas uma de Hewitt e conquistou 42 winners (o australiano teve 13). Foi a 15ª vitória seguida do número 1 sobre Hewitt.

Depois da partida, Federer disse: "Eu sabia que seria duro. Hewitt é um campeão e sempre é difícil jogar contra ele. Ele consegue deixar o adversário nervoso. No fim levei a melhor e por isso estou feliz."

"O nível de jogo foi elevadíssimo – não só de minha parte, também de Lleyton. É sempre um prazer jogar contra ele. Já nos conhecemos há muito tempo", acrescentou.

Sobre seu próximo adversário, Nikolay Davydenko, contra quem venceu 12 vezes, mas perdeu suas duas últimas partidas, Federer afirmou: “Vou tentar jogar duro desde o início. Eu espero uma partida difícil.”

Davydenko derrotou Federer nas Finais da ATP do ano passado e em Doha, no Qatar, no início de 2010. O suíço naturalmente conhece as estatíticas. "Mas aqui em Melbourne um jogo pode ter cinco sets, e aí eu vejo minha chance. Além disso, me sinto melhor em forma do que em Londres", disse.

Federer venceu 12 sets consecutivos no atual torneio em Melbourne. Ele já enfrentou Davydenko no Aberto da Austrália de 2006, quando eliminou o russo exatamente nas quartas de final, por parciais de 6/4, 3/6, 7/6 (9/7) e 7/6 (7/5).

Nas oitavas de final do atual Australian Open, o russo derrotou o espanhol Fernando Verdasco, com muitas dificuldades, após cinco sets, com parciais de 6/2, 7/5, 4/6, 6/7 (5/7) e 6/3.

swissinfo.ch com agências

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?