Navigation

Federer ganha em Wimbledon

A primeira grande vitória de Federer. Keystone

Roger Federer é o primeiro jogador suíço do tênis masculino a ganhar um torneio do grande Slam.

Este conteúdo foi publicado em 06. julho 2003 - 19:16

Na final de Winbledon, o suíço venceu o australiano Marc Fphlippoussis em três sets com parciais de 7-7. 6-2 e 7-6.

Aos 21 anos de idade, o suíço Roger Federer venceu domingo o primeiro Grand Slam de sua carreira. Na quadra central do All England Law Tennis Clube de Wimbledon, o grande sonho do suíço tornou-se realidade.

Antes disso, a maior emoção de Federer havia sido eliminar, em 2001, também em Wimbledon, o americano Pete Sampras, sete vezes campeão do Torneio e ídolo do tenista suíço.

Para chegar à final, este ano, Roger Federer havia eliminado Lee, Koubek, Fish, Lopey, Schalken e Roddick. Na final, o suíço derrotou o australiano Marc Philippoussis em 3 sets, com parciais de 7-6, 6-2 e 7-6. A partida durou menos de duas horas.

Na cerimônia de entrega dos troféus, momento tradicional em Wimbledon, Federer falou pouco e não conseguiu conter suas lágrimas de emoção.

A partida foi equilibrada no primeiro set, com ambos sacando muito bem e vencendo seus respectivos serviços. O jogo do australiano era mais limitado mas o saque forte compensou o jogo mais completo de Federer.O set foi decidido no tie break.

O suíço aproveitou a vantagem e quebrou o serviço de Philippoussis duas vezes no segundo set, vencendo por 6 a 2.

O terceiro set foi novamente mais equilibrado, mas ao longo da partida Federer ia conseguindo rebater cada vez melhor o saque forte, principal arma do australiano. O suíço ganhou novamente no tie break, por 7a a 6.

Federer é, assim, o primeiro tenista masculino a ganhar um dos quatro torneios do Gran Slam (Austrália, Roland-Garros, Winbledon e US Open). A vitória de domingo levará Federer aos primeiros lugares da classificação mundial.

Um dos melhores de sua geração

Roger Federer é freqüentemente comparado a Pete Sampras, pela variedade de seu tênis e pelo jogo de ataque.

Ele tem tanto talento que isso até o atrapalha, às vezes, afirma seu treinador, o sueco Peter Lundgren. Ele explica que Federer, nem sempre usa as melhores jogadas no melhor momentos, como se lhe faltasse ainda um pouco mais de maturidade.

Quase imbatível na Copa Davis, adversário temido mas ainda irregular na ATP, até agora o melhor resultado de Federer num torneio de Grand Slam tinha sido duas quartas-de-final, em Roland Garros.

«Rodgeur» chefe de empresa

Com a vitória deste domingo, Federer começa a corresponder ao seu próprio talento, há muito elogiado pelos especialistas.

Sua conta bancária engordou de 960 mil dólares que serão somados aos 4.7 milhões, em prêmios de torneios, que ele ganhou até agora em sua jovem carreira. Publicidade, torneios de exibição etc, não estão incluidos, o que faz de Federer o esportista suíço mais bem pago até aqui.

Esse patrimônio é administrado, de pouco tempo para cá, pela "Roger Federer Company", dirigida pelo próprio com a ajuda de seus pais. A secretária e assessora é a namorada, Miroslava Vavrinec, ex-jogadora de tênis de 25 anos.

swissinfo

Fatos

Roger Federer ganhou 8 torneios em cinco anos de profissionalismo.
Até agora, conquistou 207 vitórias e teve 102 derrotas.
A vitória em Wimbledon rende 960 000 mil dólares.
Seu patrimônio é avaliado em 6 milhões de francos suíços por ano.

End of insertion

Breves

- Roger Federer nasceu em 8 de agosto de 1981. Ele só tem uma irmã, Diana, dois anos mais velha. A família é de Münchenstein, no Cantão de Basiléia.

- Começou a jogar tênis com 3 anos.

- Com 14 anos, mudou de casa para treinar do Centro Nacional do Tênis Suíço, perto de Lausanne.

- Em 1988, Federer ganhou o Orange Bowl, uma espécie de mundial de juniors. Foi n° 1 mundial de juniors com 18 anos.

- No mesmo ano, entrou no circuito ATP. Começou a ficar conhecido do público suíço na Copa Davis de 1999.

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?