Pastor punido por ter ajudado imigrante ilegal

Este conteúdo foi publicado em 10. abril 2019 - 13:08

Norbert Valley está disposto a se defender no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos. O pastor em uma igreja evangélica no cantão do Jura foi condenado pelo Tribunal de Neuchâtel a pagar uma multa de mil francos por ter violado a Lei de estrangeiros. Razão: ter ajudado um solicitante de asilo político que se encontrava em uma situação precária. 

Norbert Valley entrou com um recurso contra a condenação e afirma que irá lutar para garantir que ajudar o próximo não seja considerado um crime no país. Ele recebe apoio de igrejas e outras associações, 
incluindo a Anistia Internacional.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo