Navigation

A epidemia que nunca existiu

Vinte e cinco anos atrás, o governo suíço lançou a primeira campanha para conter o crescente número de casos de AIDS no país. Durante todos esses anos, a Secretaria Federal de Saúde investiu um total de 80 milhões de francos suíços em clipes de televisão e cartazes nas ruas.

Este conteúdo foi publicado em 28. novembro 2012 - 17:24

A Suíça é provavelmente o único país a fazer campanhas constantes de prevenção da AIDS durante 25 anos. Apesar disso, 25 mil pessoas vivem com o vírus HIV na Suíça, proporcionalmente mais do que na França e na Alemanha. Na França, estima-se que 150 mil pessoas sejam soropositivas e na Alemanha 67 mil. No entanto, a Secretaria Federal de Saúde da Suíça afirma que as campanhas têm sido um grande sucesso.
(Julie Hunt/swissinfo.ch

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.