Navigation

Apoiando bailarinos locais no Prix de Lausanne

O concurso internacional de balé de renome mundial, Prix de LausanneLink externo, está acontecendo na Suíça francesa, com 74 jovens bailarinos de 19 países.

Este conteúdo foi publicado em 05. fevereiro 2019 - 13:33
swissinfo.ch

De acordo com as tendências recentes, muitos são de países asiáticos como Japão, Coreia do Sul e China.

“Mas também estamos ansiosos para descobrir bailarinos locais talentosos”, observa Kathryn Bradney, diretora artística e executiva da competição e ex-bailarina principal da companhia Béjart Ballet LausanneLink externo . Por exemplo, o concurso organiza aulas gratuitas de balé para alunos de dança locais. E também há um prêmio especial para talentos locais.

O “Best Swiss Candidate Prize” é para o melhor finalista suíço ou residente que estuda na Suíça há pelo menos dois anos. Não há candidatos suíços para este prêmio, mas há três possíveis vencedores: duas japonesas de 18 anos que moram em Zurique: Sumina Sasaki (candidata nº 313) e Mio Sumiyama (nº 316), bem como búlgaro Georgi Kapitanski, de 18 anos, residente em Basileia (# 422).

O 47º Prix de Lausanne acontece no Teatro Beaulieu, em Lausanne, até o domingo.


Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.