Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

OCDE pressiona 35 "paraísos fiscais".

Liechtenstein na mira da OCDE.

(Keystone)

A OCDE, reunida segunda e terça-feiras em Paris, publicou lista de 35 países que considera paraísos fiscais. Estão incluídos Liechtenstein, Mônaco, Panamá, Libéria, Bahrein e muitas ilhas das Caraíbas, Pacífico e mesmo da Europa. A Suíça escapa...

Ministros da OCDE - reunindo 29 dos países mais industrializados do mundo - arrolaram 35 paraísos fiscais no mundo.

A lista inclui dezenas de territórios e ilhas de além-mar que atraem capitais pelas condições fiscais muito favoráveis que oferecem constituindo-se em "ameaça particularmente perigosa" para as economias dos países em desenvolvimento, estima a Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

A Commonwealth (comunidade britânica) e os territórios britânicos ultramarinos figuram nessa lista destinada a apontar "as ovelhas negras" das finanças internacionais: 21 paraísos fiscais que vão do Pacífico Sul ao Oceano Índico, passando pelo Caribe, sem esquecer os "very british" Gibraltar, Guernesey, Jersey e Ilha de Man.

As Ilhas Virgens americanas foram também arroladas, bem como Liechtenstein, Mônaco e Andora. Acrescentem-se ainda o Panamá, a Libéria e Bahrein.

A OCDE dá prazo de um ano para que esses paraísos fiscais sejam reformados, caso contrário ameaça aplicar sanções.

O jornal "Le Temps" de Genebra lembra que a OCDE tem poucos poderes nesse sentido. Mas pode "criar um cordão sanitário em volta dos recalcitrantes e entravar as transações com as próprias instituições financeiras ou suspender programas de cooperação".

Se a Suíça escapou da lista é porque reforçou há dois anos legislação contra lavagem de dinheiro e na última década tem mostrado maior empenho em cooperar na ajuda judiciária.

Swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.