Navigation

Polêmica sobre estudantes portugueses

Dificuldades com a língua e com o ritmo escolar levam alunos para classes especiais Keystone

Uma petição será entre brevemente ao Parlamento de Genebra acusando a rede escolar de "discriminação de crianças portuguesas". Alunos com dificuldades em francês são enviados a classes ou escolas especiais, de onde dificilmente voltam a reintegrar as classes "normais". A Secretaria da Educação promete estudar a questão.

Este conteúdo foi publicado em 23. março 2001 - 13:00

As acusações de discriminação contra alunos portugueses nas escolas de Genebra são levadas a sério. A questão foi recentemente abordada pelo Secretário de Estado Rui de Almeida, em visita à Suíça, e a Secretaria de Educação de Genebra prometeu realizar um estudo detalhado sobre a situação dos estudantes portugueses.

Uma petição será entregue brevemente ao Parlamento genebrino denunciando a situação de 1040 alunos portugueses que seriam atualmente em classes ou escolas especiais. A iniciativa é de um dos representantes da comunidade portuguesa em Genebra, funcionário do Consulado português.

O texto denuncia que é exagerado o número de portugueses nas escolas especiais, onde geralmente são colocados os alunos com dificuldade de expressão em francês, no caso de Genebra, ou de acompanhar o nível ou o ritmo escolar.

"Esse fenômeno já foi objeto de vários estudos e coloca o problema da integração das comunidades estrangeiras na Suíça", afirma Antonio Cunha, representante português na Comissão federal de estrangeiros, subordinada ao Ministério da Justiça e Polícia.

Cunha reconhece que o número de alunos portugueses nas classes especiais está acima da média. Uma das razões possíveis, segundo ele, é o baixo nível sociocultural em numerosas famílias. Com baixos salários, os pais trabalham duro e não têm tempo nem condições de ajudar os filhos nas tarefas escolares.

Segundo Cunha, o problema reforça a necessidade de continuar a trabalhar por uma melhor integração da comunidade portuguesa na Suíça. 10% dos estrangeiros residentes na Suíça são portugueses, num total de mais de 130 mil pessoas.

swissinfo com agências

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?