Perspectivas suíças em 10 idiomas

Críticos às medidas contra Covid continuam protestando

corona protest
Manifestantes em Winterthur no sábado, 18 de setembro. Keystone / Michael Buholzer

Vários milhares de pessoas se reuniram em Winterthur (norte da Suíça) no sábado em oposição às medidas atuais para combater a propagação do coronavírus.

Diversos grupos apoiaram a manifestação, incluindo o chamado “Freiheitstrychler”, que também tinha organizado um protesto em Berna na noite de quinta-feira.

Ao contrário do evento de quinta-feira – que se intensificou e levou a uma forte resposta da polícia – a reunião de Winterthur foi realizada de forma relativamente pacífica, informou a polícia local.

Os manifestantes marcharam pela cidade carregando bandeiras criticando o que eles viam como medidas “ditatoriais” do governo; alguns deles visaram diretamente o ministro da saúde Alain Berset. Havia também alguns cartazes com temática religiosa, segundo um jornalista da agência de notícias Keystone-SDA.

A polícia estimou a participação em Winterthur em vários milhares.

Mostrar mais
Bern protest

Mostrar mais

Protesto antivacina acaba em violência

Este conteúdo foi publicado em A polícia usou um canhão de água, balas de borracha e spray irritante para interromper uma manifestação ilegal contra as medidas de combate ao coronavírus

ler mais Protesto antivacina acaba em violência

Contra a violência

Na manhã de sábado, o grupo “Freiheitstrychler” publicou um comunicado de imprensa no qual rejeitava qualquer responsabilidade pela violência em Berna na noite de quinta-feira, quando alguns manifestantes lançaram fogos de artifício e objetos em direção ao prédio do parlamento, e começaram e tentaram derrubar uma cerca de proteção.

O grupo, distanciando-se de “qualquer tipo de violência”, criticou a polícia de Berna, tanto pela forma como lidaram com o protesto (ou seja, não fizeram o suficiente para reprimir os contra-manifestantes violentos), quanto pelo rótulo “propagandístico” do evento como um “ataque ao parlamento federal”. Esta frase foi usada pelo chefe da segurança em Berna, Reto Nause, que fez um paralelo com o que aconteceu no Capitólio dos EUA em janeiro passado.

Notícias

Imagem

Mostrar mais

Mercado brasileiro de café atrai Nestlé

Este conteúdo foi publicado em Por meio de sua marca Nescafé, a empresa está focando especialmente nas necessidades e desejos do mercado jovem.

ler mais Mercado brasileiro de café atrai Nestlé
Imagem

Mostrar mais

FIFA abre portas para sair da Suíça

Este conteúdo foi publicado em A entidade máxima do futebol internacional lançou as bases formais para uma saída teórica de sua sede em Zurique.

ler mais FIFA abre portas para sair da Suíça
Imagem

Mostrar mais

Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Este conteúdo foi publicado em A Suíça planeja introduzir um banco de dados para os passageiros de voos para coletar e processar dados pessoais em uma tentativa de combater o terrorismo e crimes graves.

ler mais Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos
Imagem

Mostrar mais

Gel suíço pode curar embriaguez

Este conteúdo foi publicado em Um gel recém-desenvolvido composto de proteínas de soro de leite decompõe o álcool no corpo e pode reduzir seus efeitos nocivos e intoxicantes em humanos.

ler mais Gel suíço pode curar embriaguez
bondinho

Mostrar mais

Bondinhos suíços bombaram no inverno 2023-2024

Este conteúdo foi publicado em Na temporada de inverno até o final de abril de 2024, as operadoras de bondinhos e teleféricos transportaram 3% mais visitantes em comparação com o inverno anterior e 5% a mais do que a média de cinco anos.

ler mais Bondinhos suíços bombaram no inverno 2023-2024
rio

Mostrar mais

Suíça investirá 1 bi para evitar enchentes no Reno

Este conteúdo foi publicado em Como parte de um acordo internacional com a Áustria, o governo suíço quer investir CHF 1 bilhão (US$ 1,1 bilhão) em medidas de proteção contra enchentes ao longo do Reno nas próximas três décadas.

ler mais Suíça investirá 1 bi para evitar enchentes no Reno

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR