Navigation

Federer vence quarto duelo suíço no circuito mundial

Federer suou para derrotar o conterrâneo Stanislas Wawrinka em Montreal. Keystone

Roger Federer venceu por 2 sets a 0 o quarto duelo entre os dois melhores tenistas suíços em um torneio internacional e passou às quartas-de-final do Masters-1000 de Montreal, onde enfrentará o francês Jo-Wilfried Tsonga.

Este conteúdo foi publicado em 14. agosto 2009 - 08:10

Nas oitavas de final, na noite desta quinta-feira, Federer dominou o primeiro set, mas acabou entrando em apuros contra seu conterrâneo Stanislas Wawrinka. No tiebreak, ele desperdiçou quatro bolas de jogo consecutivas (de 6/1 para 6/5), antes fechar a partida em um minibreak. Após 106 minutos de jogo, o placar final apontava 6/3 e 7/6 para Federer.

Nesta sexta-feira à noite (por volta das 21h no horário suíço), ele enfrenta o francês Jo-Wilfried Tsonga, 7° colocado no ranking da Associação de Tenistas Profissionais, contra o qual venceu sua única partida disputada até agora, há um ano em Madri.

Federer mostra-se otimista quanta à sua sequência no torneio de Montreal, o primeiro após tornar-se pai de gêmeas, porque contra "Stan (Wawrinka) joguei bem melhor do que na rodada inicial contra Frederic Niemeyer (do Canadá). Havia mais ritmo no jogo".

Wawrinka lamentou suas chances perdidas. Ele derrotou Federer em Mônaco, mas perdeu nos últimos seis meses todas as partidas contra os tenistas que estão entre os oito melhores da ATP. E em todos os jogos contra Federer, Nadal, Murray, Djokovic, Del Potro, Roddick ou Dawydenko ele teve grandes chances.

"É uma pena que eu não tenha conseguido segurar por mais tempo minha chance de quebra de serviço no segundo set. Mas pelo menos jóquei bem esta semana. Isso me estimula para os próximos torneios", disse Wawrinka.

No terceiro duelo entre os dois suíços em um torneio da Associação de Tenistas Profissionais (ATP), Wawrinka derrotou Federer por 2 sets 0 (parciais de 6/4 e 7/5), em 16 de abril deste ano, nas oitavas-de-final do ATP-Masters 1.000 de Monte Carlo.

Nadal sem problemas

A próxima estação – não só para Wawrinka – é o torneio Masters-1000 de Cincinnati, na próxima semana; depois, em duas semanas, começa o Aberto dos EUA, em Nova York.

Os favoritos parecem estar em forma para o último Grand-Slam do ano: pela primeira vez desde 1973, todos os oito primeiros colocados da ATP classificaram-se para as quartas-de-final de um torneio.

O espanhol Rafael Nadal, número dois do mundo e eterno rival de Federer, não teve qualquer problema para superar o alemão Philipp Petzschner (45° da ATP) por 6/3 e 6/2. Na primeira rodada, ele havia aproveitado da desistência de seu conterrâneo David Ferrer.

"Mas ainda preciso de alguns jogos para voltar ao ritmo de competição", disse Nadal, que antes de Montreal ficou dois meses e meio sem jogar por causa de problemas nos joelhos.

swissinfo.ch com agências

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?