Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Por Stephen Brown

BERLIM (Reuters) - O governo alemão quer uma explicação rápida e clara de Washington para o aparente contato da inteligência dos Estados Unidos com um alemão preso na semana passada sob suspeita de ser um agente duplo, disse o ministério do Interior, Thomas de Maiziere, em entrevista a um jornal.

"Eu espero que todos cooperem prontamente para esclarecer essas alegações -- com comentários rápidos e claros dos EUA também", afirmou de Maiziere ao jornal Bild, de acordo com trechos da edição de segunda-feira.

A Casa Branca e o Departamento de Estado recusaram-se até agora a comentar sobre a prisão do funcionário de 31 anos de idade da BND, a agência de inteligência internacional alemã. Ele admitiu passar documentos a um contato norte-americano, de acordo com fontes políticas e de inteligência.

Os documentos incluem informações sobre um comitê parlamentar que avalia alegações do ex-funcionário da inteligência dos EUA Edward Snowden de que Washington realizou ampla vigilância na Alemanha, incluindo o monitoramento do telefone da chanceler Angela Merkel.

O caso ameaça golpear ainda mais os laços com Washington, que foram testados no ano passado por revelações de espionagem de larga escala na Alemanha pela Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos EUA.

Reuters