Navigation

Apesar de cessar-fogo estendido, combates atingem o leste da Ucrânia

Este conteúdo foi publicado em 29. junho 2014 - 19:16

By Thomas Grove

KIEV (Reuters) - Combates entre as forças ucranianas e separatistas pró-russos em torno da cidade oriental de Slaviansk foram registrados neste domingo, apesar do cessar-fogo ter sido estendido até a noite de segunda-feira.

A União Europeia disse que poderá impor mais sanções contra Moscou, além do congelamento de bens e proibição de emissão de vistos, ao menos que os rebeldes pró-Rússia ajam para encerrar a crise no leste do país até segunda-feira.

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, sob pressão do Ocidente para manter o cessar-fogo durante as conversações com os rebeldes, enfrenta crescente oposição ao cessar-fogo, que alguns ucranianos dizem estar apenas dando tempo para os rebeldes se reagruparem e armarem.

A Guarda Nacional da Ucrânia disse que os rebeldes tinham usado tanques e morteiros em ataque contra um posto de controle perto do reduto separatista da Slaviansk, a cerca de 100 km (60 milhas) da fronteira com a Rússia.

"Não houve baixas entre os militares de lá", disse o comunicado. Um porta-voz da operação disse ao Canal 5 que cinco soldados foram mortos nos últimos dias pela violência rebelde em violação da trégua.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.