Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Barcos lotados navegam no rio Buriganga, em Daca. 27/07/2014 REUTERS/Andrew Biraj

(reuters_tickers)

Por Serajul Quadir

DACA (Reuters) - Um barco com cerca de 200 pessoas a bordo virou nesta segunda-feira no rio Padma, ao sudoeste da capital de Bangladesh, Daca, e equipes de resgate conseguiram resgatar metade delas, disse um chefe distrital do governo. 

O vice-comissário do distrito de Munshiganj, Mohammad Saiful Hasan Badal, disse que cerca de 100 passageiros haviam sido retirados a salvo da embarcação. Não foram confirmadas mortes até o momentos.

Equipes da autoridade aquaviária de Bangladesh, dos bombeiros e do Exército estavam envolvidas na operação de resgate, a 30 quilômetros ao sudoeste da capital. 

“A maioria dos passageiros estava voltando da cidade para casa após celebrar o (feriado de) Eid-al Fitr”, disse Saiful à Reuters, referindo-se à época que marca o fim do mês sagrado do Ramadã.

Um acidente semelhante aconteceu em maio, quando 54 corpos foram recuperados de uma embarcação que naufragou com cerca de 200 pessoas a bordo.

Bangladesh, que possui extensas vias de transporte em rios e fracos padrões de segurança, tem um histórico preocupante de acidentes de barcos.

A superlotação é um fator comum em muitos dos acidentes e cada vez que um acontece, o governo promete regulações mais rígidas. 

Em março de 2012, uma balsa afundou próxima ao mesmo local desse último acidente, resultado em 145 pessoas mortas. 

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters