Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

KUALA LUMPUR (Reuters) - As caixas-pretas do avião da Malásia derrubado sobre o leste da Ucrânia serão enviadas para um laboratório na Grã-Bretanha, disse o vice-ministro dos Transportes da Malásia nesta terça-feira.

"O procedimento é fazer com que as caixas-pretas sejam enviadas para o laboratório mais próximo autorizado pela OACI para análise", disse Aziz Kaprawi à Reuters, referindo-se à Organização da Aviação Civil Internacional.

As duas caixas-pretas foram coletadas depois que o primeiro-ministro malaio, Najib Razak, intermediou um acordo na segunda-feira com o líder dos separatistas do leste da Ucrânia para entregar provas que poderiam esclarecer a derrubada do voo MH17 da Malaysia Airlines na quinta-feira.

Autoridades holandesas vão entregar as caixas-pretas para um laboratório que trabalha com a Agência de Investigações de Acidentes Aéreos, do Departamento do Transporte britânico.

Um jato da Força Aérea da Bélgica estava a caminho de Kiev para recolher as caixas-pretas. Um porta-voz do Ministério da Defesa belga disse que os aparelhos que registram dados de voo deverão ser entregues à Grã-Bretanha à noite.

O avião da Malaysia Airlines com 298 pessoas a bordo caiu na quinta-feira no conturbado leste da Ucrânia quando operava um voo de Amsterdã para Kuala Lumpur e um míssil terra-ar é suspeito de tê-lo derrubado.

(Por Trinna Leong, com reportagem adicional de Philip Blenkinsop)

Reuters