Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Refugiados ucraninaos em um acampamento provisório montado na cidade russa de Novoshakhtinsk, na região de Rostov, próxima à fronteira entre Ucrânia e Rússia. 9/07/2014. REUTERS/Sergei Karpukhin

(reuters_tickers)

GENEBRA (Reuters) - Cerca de 730 mil pessoas deixaram a Ucrânia e foram para a Rússia este ano devido aos combates no leste da Ucrânia, disse o diretor europeu do escritório da ONU para refugiados, Vincent Cochetel, nesta terça-feira.

Esse número significa um êxodo muito superior aos 168 mil que fizeram solicitação ao Serviço de Migração da Rússia.

Outras 117 mil pessoas estão desabrigadas no interior da Ucrânia, um número que está crescendo em cerca de 1.200 por dia, disse o chefe na Europa do Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur).

O Acnur não incluiu as pessoas que normalmente teriam cruzado a fronteira para comércio ou turismo na cifra de 730 mil, de acordo com Cochetel.

(Reportagem de Tom Miles)

((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))

Reuters