Navigation

Conselho de Segurança da ONU pede "investigação independente" sobre derrubada de avião na Ucrânia

Este conteúdo foi publicado em 18. julho 2014 - 15:22

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O Conselho de Segurança da ONU pediu nesta sexta-feira que seja feita uma "investigação internacional independente, meticulosa e completa" sobre o abate do avião da Malásia com 298 a bordo sobre a Ucrânia, solicitando a todas as partes envolvidas que garantam aos investigadores o acesso ao local da queda.

Em um comunicado aprovado por consenso, o conselho também pediu por uma "responsabilização apropriada". A Grã-Bretanha redigiu o curto texto e esperava que o conselho conseguisse emiti-lo ainda na quinta, mas a Rússia pediu mais tempo para examiná-lo antes de que seja aprovado.

Dois representantes dos Estados Unidos disseram que Washington tem fortes suspeitas que o Boeing 777 da Malaysian Airlines foi derrubado por um míssil lançado por separatistas ucranianos apoiados por Moscou.

(Reportagem de Michelle Nichols)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.