Navigation

EUA ampliam sanções econômicas contra Rússia por crise na Ucrânia

Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fala a jornalistas sobre a imposição de novas sanções pelo paía à Rússia. 29/07/2014. REUTERS/Joshua Roberts reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 29. julho 2014 - 21:10

WASHINGTON (Reuters) - O presidente norte-americano, Barack Obama, disse nesta terça-feira que os Estados Unidos ampliaram as sanções contra a Rússia por seu apoio aos rebeldes no leste da Ucrânia.

Obama disse que as sanções têm como objetivo os setores de energia, defesa e financeiro da economia russa.

"Se a Rússia continuar neste caminho atual, os custos sobre a Rússia continuarão a crescer", disse Obama.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?