Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos removeram alguns funcionários de seu consulado em Arbil, capital da região curda semiautônoma iraquiana que está sob a ameaça de militantes islâmicos, informou o Departamento de Estado neste domingo.

"O Departamento de Estado realocou um limitado número de funcionários da embaixada em Bagdá e do consulado geral em Arbil para o consulado geral em Basra e para a unidade de apoio ao Iraque em Amã. A embaixada em Bagdá e o consulado geral em Arbil permanecem abertos e operando", disse o Departamento em comunicado.

(Por Missy Ryan)

Reuters