Navigation

Grã-Bretanha convoca embaixador da Espanha por atividade "provocativa" em Gibraltar

Este conteúdo foi publicado em 17. julho 2014 - 17:21

LONDRES (Reuters) - O governo da Grã-Bretanha disse nesta quinta-feira que convocou o embaixador espanhol devido ao que descreveu como atividade "provocativa" da Marinha da Espanha perto do disputado território britânico de Gibraltar.

A Grã-Bretanha, que administra o território rochoso localizado na entrada do mar Mediterrâneo, disse que um navio da Marinha espanhola tentou redirecionar duas embarcações comerciais que transitavam nos arredores do porto de Gibraltar na quarta-feira, alegando que estariam em águas espanholas.

Os britânicos contestaram a alegação, dizendo que as embarcações se encontravam em águas internacionais. "Isso representa uma tentativa cínica do governo espanhol de prejudicar a economia de Gibraltar, em uma contravenção da legislação internacional", disse David Lidington, ministro britânico para assuntos europeus.

"Condeno essa atividade provocativa", disse ele, alertando a Espanha para que não deixe que esse tipo de ação ocorra novamente.

O incidente é o mais recente de uma longa disputa diplomática entre a Grã-Bretanha e a Espanha sobre Gibraltar, que o governo espanhol cedeu aos britânicos há cerca de 300 anos, mas que agora as autoridades espanholas querem de volta.

(Reportagem de Kylie MacLellan)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.