Navigation

Grupo Estado Islâmico assume controle de campo de petróleo sírio

Este conteúdo foi publicado em 03. julho 2014 - 16:03

BEIRUTE (Reuters) - Militantes do grupo Estado Islâmico tomaram o controle nesta quinta-feira do campo de petróleo de Al Omar, o maior da Síria, que estava em mãos de combatentes rebeldes, fortalecendo assim o seu avanço em toda a província oriental de Deir al-Zor, disse um grupo de monitoramento.

"Eles assumiram o controle cerca de duas horas atrás", afirmou o chefe do Observatório Sírio para os Direitos Humanos, Rami Abdelrahman. A Frente Nusra, braço da Al Qaeda na Síria, controlava o campo anteriormente.

A Síria não tem um produção de petróleo significativa e não exporta o produto desde o final de 2011, quando entraram em vigor as sanções internacionais para aumentar a pressão sobre o presidente Bashar al-Assad.

Antes das sanções, a Síria exportava 370 mil barris por dia, principalmente para a Europa.

(Reportagem de Sylvia Westall)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.