Navigation

Israel prende suspeitos de assassinar adolescentes palestinos

Este conteúdo foi publicado em 06. julho 2014 - 13:04

JERUSALÉM (Reuters) - Israel prendeu judeus suspeitos do sequestro e assassinato de um adolescente palestino cuja morte provocou protestos violentos em Jerusalém e em cidades árabes israelenses, disse uma fonte de segurança neste domingo.

Seis suspeitos estão sob custódia, afirmou a fonte, acrescentando que o número pode mudar à medida que a investigação sobre a morte de Mohammed Abu Khudair, de 16 anos, progride.

A fonte não deu mais detalhes sobre os suspeitos, além do fato de que são judeus. A polícia não comentou oficialmente.

Investigadores acreditam que Mohammed Abu Khudair foi atacado por "motivos nacionalistas", disse a fonte, em declarações que parecem confirmar suspeitas palestinas de que judeus de extrema-direita estão envolvidos e que a morte foi um assassinato de vingança.

O corpo queimado de Abu Khudair foi descoberto numa floresta em Jerusalém na quarta-feira, um dia após o enterro de três adolescentes judeus que foram sequestrados enquanto viajavam pela Cisjordânia ocupada em 12 de junho.

(Por Jeffrey Heller)

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?