Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos acreditam que Israel tem o direito de se defender dos foguetes disparados por Gaza e dos ataques lançados por túneis transfronteiriços, disse o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, neste domingo.

"Você tem o direito de entrar e tirar aqueles túneis", disse Kerry à Fox News. "Nós apoiamos completamente isso. E apoiamos o direito de Israel de se defender contra os foguetes que então chegando continuamente."

Israel, que acusou o grupo militante palestino Hamas de usar civis como escudos humanos ao lançar foguetes de casas residenciais, enviou forças para a Faixa de Gaza na quinta-feira, após 10 dias de intervenções aéreas, navais e de artilharia não terem conseguido cessar os lançamentos.

Pelo menos 62 palestinos foram mortos neste domingo em um bombardeio por parte de Israel em um bairro em Gaza.

Como parte da incursão, escavadeiras israelenses destruíram túneis que os combatentes têm usado para entrar em Israel a partir de Gaza.

A ofensiva deste mês ainda não conseguiu dominar o Hamas e seus aliados, que atiraram mais de 90 foguetes em Israel no sábado, segundo o exército israelense.

Kerry pediu que o Hamas considere um cessar-fogo. "É importante que o Hamas agora seja razoável e entenda que (se) você aceitar um cessar-fogo, você salva vidas", disse ele.

Em entrevista separada à CNN, Kerry disse que o presidente Barack Obama vai lhe pedir que vá ao Oriente Médio em breve para ajudar nos esforços de garantir um cessar-fogo.

(Reportagem de Jason Lange e Jim Loney em Washington)

Reuters