Navigation

Líder de milícia líbia suspeito de ataque a Benghazi chega aos EUA, diz mídia

Este conteúdo foi publicado em 28. junho 2014 - 15:44

WASHINGTON (Reuters) - O líder da milícia líbia, suspeito do ataque em 2012 à missão diplomática dos Estados Unidos em Benghazi que matou quatro norte-americanos, chegou a Washington no sábado de manhã, segundo relatos da mídia.

Ahmed Abu Khatallah foi trazido para a corte federal em Washington de um navio de guerra da Marinha, onde ficou mantido desde que foi capturado no início deste mês, disseram a CNN e o The New York Times.

(Por Doina Chiacu)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.