Navigation

Malaysia Airlines diz que rota usada por avião havia sido declarada segura

População deposita flores e velas em frente à embaixada da Holanda para homenagear as vítimas da queda do avião da Malaysia Airlines, em Kiev, na Ucrânia, nesta quinta-feira. 17/07/2014 REUTERS/Valentyn Ogirenko reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 18. julho 2014 - 00:57

KUALA LUMPUR (Reuters) - A Malaysia Airlines disse na sexta-feira (horário local) que a rota usada pelo avião que caiu na Ucrânia havia sido declarada segura pela Organização da Aviação Civil Internacional, um braço da ONU.

A companhia aérea também disse que a Associação Internacional de Transportes Aéreos "tinha afirmado que o espaço aéreo que a aeronave estava atravessando não estava sujeito a restrições".

A Malaysia Airlines afirmou que o avião transportava 298 pessoas, sendo 283 passageiros e 15 tripulantes, com três crianças a bordo. Anteriormente, a informação era de 295 pessoas na aeronave.

(Reportagem de Al-Zaquan Amer Hamzah)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.