Navigation

Nacionalidades de 4 passageiros ainda são desconhecidas, diz Malaysia Airlines

Militante separatista pró-Rússia caminha sobre destroços de avião da Malásia que caiu no leste da Ucrânia. 17/06/2014. REUTERS/Maxim Zmeyev reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 18. julho 2014 - 14:26

AMSTERDÃ (Reuters) - A Malaysia Airlines disse nesta sexta-feira ter identificado a nacionalidade de todos os passageiros a bordo do voo MH17 que caiu no leste da Ucrânia, com exceção de quatro.

O diretor para Europa da companhia aérea, Huib Gorter, disse que o voo tinha a bordo 189 passageiros holandeses, 29 malaios, 27 australianos, 12 indonésios, 9 britânicos, 4 alemães, 4 belgas, 3 filipinos, 1 canadense e 1 neozelandês, além dos quatro passageiros cujas nacionalidades ainda não foram identificadas.

"Estamos no processo de verificar os restantes", disse Gorter. "Deve levar de uma a duas horas."

(Reportagem de Thomas Escritt)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.