Navigation

Obama diz que falou com Netanyahu e que apoia direito de Israel se defender

Presidente dos EUA, Barack Obama, durante entrevista coletiva na Casa Branca, em Washington. 18/7/2014. REUTERS/Larry Downing reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 18. julho 2014 - 17:35

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta sexta-feira que conversou com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, sobre o conflito na Faixa de Gaza, ressaltando o apoio norte-americano a Israel para se defender.

Em declarações a repórteres na Casa Branca, Obama afirmou ainda que os EUA e seus aliados temem o risco de uma escalada do conflito e disse esperar que Israel continue a agir de modo a minimizar baixas entre os civis.

Ele também declarou ter informado Netanyahu de que o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, está preparado para visitar a região.

(Reportagem Susan Heavey)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.