Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

MOSCOU (Reuters) - O governo russo proibiu a importação de qualquer tipo de laticínio da Ucrânia, com base num relatório do Serviço Veterinário e de Vigilância Sanitária da Rússia, o qual aponta falta de controle de qualidade no país, no mais recente sinal da piora das relações comerciais bilaterais.

A Ucrânia assinou um acordo de livre-comércio com a União Europeia em junho. Em consequência, a Rússia, que anteriormente já havia imposto proibições de importações a países que tentavam sair de sua esfera de influência, avisou que provavelmente iria responder com barreiras comerciais.

O banimento, que entra em vigor em 28 de julho, é resultado de violações fitossanitárias e da falsificação de controles de qualidade, disse o porta-voz do Serviço, Alexei Alekseenko.

Os produtos lácteos representam somente uma pequena fração das vendas da Ucrânia para a Rússia, mas a decisão do Kremlin deixará os exportadores ucranianos ansiosos, já que a Rússia responde por cerca de um quarto do comércio exterior do país e quase 8 por cento do PIB.

(Reportagem de Polina Devitt)

Reuters