Navigation

Rei saudita demite vice-ministro da Defesa

Este conteúdo foi publicado em 28. junho 2014 - 19:17

DUBAI (Reuters) - O rei da Arábia Saudita, Abdullah, demitiu o vice-ministro da Defesa neste sábado, menos de dois meses depois de ele ter sido nomeado, afirmou a agência estatal de notícias.

O decreto real revelou que a decisão de tirar o príncipe Khaled bin Bandar bin Abdul-Aziz do seu posto foi dada por recomendação do príncipe Salman, o ministro da Defesa. Não foi divulgada nenhuma razão para a ordem.

A Arábia Saudita está em alerta após tumulto no Iraque, onde militantes sunitas tomaram o controle de importantes cidades do governo liderado pelo xiita Nouri al-Maliki.

Movimentações na família que está no poder são acompanhadas de perto pelos sauditas e também no exterior, por possíveis pistas de quem poderá governar o maior exportador de petróleo do mundo, um país que também tem enorme influência sobre os muçulmanos por meio de sua tutela dos locais mais sagrados do Islã.

(Por Omar Fahmy)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.