Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

DONETSK, Ucrânia, 24 Ago (Reuters) - Rebeldes separatistas pró-russos forçaram dezenas de prisioneiros de guerra ucranianos a marcharem ao longo de uma rua principal controlada pelos rebeldes na cidade ucraniana de Donetsk, no domingo.

As pessoas gritavam "fascistas" para o grupo, que andava com a cabeça baixa. Eles estavam, em grande parte, com a barba por fazer, despenteados e vestidos ou em uniforme de combate ou em roupas civis.

Uma voz através de um alto-falante anunciou a chegada do grupo, dizendo: "Agora somos capazes de ver as pessoas que passam, que foram enviados para nos matar."

"Somos russos", disse a voz.

Um correspondente da Reuters no local disse que algumas pessoas atiraram projéteis incluindo garrafas. Alguns gritavam "Fascistas!" e "Fique de joelhos".

Em um gesto que pretende mostrar que os cativos estavam sujos, veículos de limpeza de rua se moviam atrás deles para limpar onde tinham andado.

(Reportagem de Anton Zverev e Thomas Grove)

Reuters