Navigation

Separatistas ucranianos abandonam posições na periferia de Donetsk, diz governo

Este conteúdo foi publicado em 23. julho 2014 - 11:42

KIEV (Reuters) - Rebeldes pró-Rússia estão abandonando suas posições na periferia da cidade de Donetsk, no leste da Ucrânia, e recuando em direção ao centro, disseram autoridades militares ucranianas nesta quarta-feira.

Moradores disseram que os rebeldes, que buscam independência da região de Donbass, no leste, cavaram trincheiras no centro de Donetsk, no entorno da principal universidade, onde estão vivendo em alojamentos estudantis.

Nas últimas semanas, as forças ucranianas forçaram os rebeldes a recuarem para seus dois principais bastiões, Donetsk e Luhansk, e retomaram o controle de vilarejos e subúrbios ao redor dessas cidades, numa ação para tentar sufocar o movimento separatista.

"Em Donetsk, os rebeldes abandonaram em massa suas posições e foram para a parte central da cidade", disse em comunicado o centro da "operação antiterrorista" --denominação dada pelo governo ucraniano à sua ofensiva contra os separatistas. "Não pode ser descartado que a aparência de tais movimentos poderia sugerir a disseminação do pânico e tentativas de abandonar o palco da guerra", acrescenta o texto.

Moradores disseram ter ouvido disparos durante a noite e afirmaram ainda que um projétil caiu em uma usina química da cidade, provocando um incêndio. Houve também relatos de combates durante a noite em Luhansk, disseram autoridades ucranianas.

(Reportagem de Elizabeth Piper)

((Tradução Redação São Paulo; 5511 5644-7731)) REUTERS MTS AC

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?