Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A sonda Opportunity, da Nasa, é vista em Marte nesta foto de divulgação divulgada para a Reuters nesta terça-feira. 29/07/2014 REUTERS/NASA/JPL-Caltech/Cornell Univ./Arizona State University/Divulgação

(reuters_tickers)

Por Steve Gorman

LOS ANGELES (Reuters) - A sonda Opportunity, da Nasa, estabeleceu um novo recorde de distância percorrida em solo fora da Terra ao alcançar a marca de 40 quilômetros na superfície do planeta vermelho, superando a quilometragem estabelecida em 1973 por uma sonda soviética na Lua.

A Opportunity, que chegou a Marte em janeiro de 2004, poucas semanas após a atualmente extinta sonda irmã Spirit, foi construída para percorrer apenas um quilômetro, mas continuou a operar bem além de suas capacidades projetadas.

Neste ano, a antiga, mas intrépida sonda, um veículo com seis rodadas mais ou menos do tamanho de um carrinho de golfe, encontrou evidência da existência de água doce na superfície de Marte no passado, reforçando descobertas similares de uma sonda mais nova e maior, a Curiosity, do outro lado do planeta.

No domingo, o robô avançou mais 48 metros ao continuar ao longo da borda de uma cratera marciana, elevando o total de seu hodômetro para 40,25 quilômetros, de acordo com o Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, perto de Pasadena, na Califórnia.

Em comparação, a sonda da União Soviética Lunokhod 2 percorreu 39 quilômetros em menos de cinco meses após pousar na Lua em 15 de janeiro de 1973, segundo o laboratório da Nasa. A sonda lunar tripulada guiada pelos astronautas da missão Apollo 17 atravessou 35,7 quilômetros em 1972.

A Opportunity ainda tem quilômetros a percorrer. Cientistas planejam direcionar a sonda agora para um vale marciano próximo, o que pode ampliar sua quilometragem para 42 quilômetros, o equivalente a uma maratona.

Reuters