Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Fukuda, da OMS, em entrevista em Genebra. 08/08/2014 REUTERS/Pierre Albouy

(reuters_tickers)

GENEBRA (Reuters) - O pior surto de Ebola no mundo, que já afeta quatro países na África Ocidental, deve se acentuar ainda mais nos próximos meses, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira.

"A probabilidade é que as coisas piorem antes de melhorar", disse" Keiji Fukuda, chefe de segurança sanitária da OMS, a jornalistas.

"Estamos totalmente preparados para que o surto seja de nível alto em alguns países", acrescentou.

(Reportagem de Tom Miles)

Reuters