Navigation

Pedidos de naturalização explodem em Zurique

Os italianos estão entre os que mais desejam um passaporte suíço Keystone

A cidade de Zurique registrou uma demanda muito maior por pedidos de cidadania suíça depois que a prefeitura enviou uma carta - em alguns casos polêmica - a todos os estrangeiros elegíveis, exortando-os a se tornarem cidadãos antes que os critérios se tornassem mais rígidos.

Este conteúdo foi publicado em 20. abril 2018 - 11:05
SRF

Entre maio de 2017 e março de 2018, houve mais 2.900 solicitações. Isso é 65% a mais que no mesmo período do ano anterior. Mas ainda não é possível dizer se muitos resultarão em cidadania, pois ainda estão sendo processados.

A prefeita da cidade, Corine Mauch, disse à rádio pública SRF que as autoridades ficaram surpresas com o tamanho do impacto - a carta, que foi enviada na primavera de 2017 para 40 mil pessoas, foi primordialmente um gesto de agradecimento.

A direita conservadora, mais especificamente o Partido Popular Suíço (SVP/UDC), mais uma vez criticou a carta como legalmente questionável. A administração da cidade de Zurique é maioria de esquerda.

Um em cada três residentes em Zurique possui um passaporte estrangeiro, comparado a um quarto da população em todo o país. A partir de 1º de janeiro de 2018, a lei de cidadania mudou.

O período mínimo de residência para naturalizações padrão caiu de 12 para 10 anos, mas os candidatos agora precisam comprovar proficiência linguística e permanecer em um cantão por um determinado período de tempo. Apenas os titulares da autorização de residência de longa duração C podem candidatar-se.

+ Leia mais sobre o processo de naturalização

Em 2017, 3.397 estrangeiros da cidade de Zurique receberam a cidadania suíça - 645 a mais que no ano anterior. Eles são de 112 países diferentes, com a maioria vindo da Alemanha, Itália e Turquia.


Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.