Navigation

Papa Francisco confirma visita a Genebra em junho

Papa Francisco passa por um membro da Guarda Suíça Keystone

O Papa Francisco aceitou um convite do Conselho Federal Suíço para visitar a Suíça. Ele deve chegar em Genebra no dia 21 de junho.

Este conteúdo foi publicado em 28. fevereiro 2018 - 15:54
SDA-ATS

Uma delegação do governo liderada pelo ministro do Interior, Alain Berset, receberá o papa para conversas oficiais, conforme informou o governo à agência de notícias suíça na quarta-feira.

A visita papal mais recente à Suíça foi em 2004, quando o Papa João Paulo II chegou a Berna um ano antes de morrer. Quase 70 mil pessoas participaram da missa que ele celebrou em alemão. João Paulo II já havia visitado várias organizações internacionais em Genebra em 1982.

Cerca de 38% da população suiça identifica-se como católica romana, enquanto cerca de 27% dos residentes suíços pertencem à igreja protestante. Um grupo especial de soldados suíços conhecido como a Pontifícia Guarda Suíça é encarregado de proteger o papa.

+ Os soldados suíços que guardam o papa

O papa Francisco, originário da Argentina, é o primeiro papa não europeu em mais de mil anos. Foi nomeado para o cargo superior do Vaticano em março de 2013, sucedendo o Papa Bento XVI, que havia renunciado.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.