Perspectivas suíças em 10 idiomas

Suíços querem mais filhos do que estão tendo

grandparents walking child
Os avós são os que mais ajudam a cuidar das crianças suíças Keystone / Martin Ruetschi

O casamento ou a união estável são de longe os modos de vida mais populares para os suíços. Ter filhos é menos simples, com as mulheres particularmente receosas das consequências negativas para a carreira profissional.

Cerca de 30% das mulheres com formação universitária em todas as faixas etárias não têm filhos, enquanto 70% delas dizem que temem os efeitos que uma criança teria na sua carreira, relata o “Estudo das Famílias e Gerações 2018Link externo“, publicado pelo Departamento Federal de Estatística na segunda-feira (4).

O medo de sofrer alguma perda na carreira profissional é menos pronunciado em outras categorias: para as mulheres que não frequentaram a universidade é de 62%, para os homens com formação universitária 37% e para os homens com formação técnica 30%.

As atitudes em relação às mulheres com crianças em idade pré-escolar mudaram ao longo do tempo. Em 1994-1995, pouco menos de metade das mulheres concordavam com a ideia de que era prejudicial para a criança a mãe sair para trabalhar. Em 2018, esta opinião era defendida por 27% das mulheres.

Entre os homens, enquanto 60% consideravam que era prejudicial para a criança a mãe sair para trabalhar em 1994-1995, em 2018 o número caiu para 36%.

Sonhos e realidade

Tudo isto não significa que as pessoas não queiram ter filhos: na verdade, mais de 60% das mulheres e dos homens entre os 20 e os 29 anos dizem que gostariam de ter pelo menos duas crianças. Mas a realidade é diferente, e entre as pessoas de 50 a 59 anos, apenas 40% delas realizaram este desejo. Cerca de um quarto das pessoas desta faixa etária não têm filhos.

Isso também não impede as pessoas de se unirem. Na Suíça, três quartos das pessoas entre 18 e 80 anos de idade formam um casal e a grande maioria delas vive fisicamente juntas. Dos casais que têm filhos, 90% são casados.

A maneira como os casais se formam não mudou muito ao longo dos anos. Os caminhos mais comuns para encontrar um namorado ou namorada ainda são através de amigos, na escola, no trabalho ou durante uma noitada. O namoro pela internet, embora tenha crescido consideravelmente, foi responsável por 20% dos casais formados nos últimos cinco anos.

O estudo do departamento de estatísticas é realizado a cada cinco anos, e também abrange questões relacionadas à família, como cuidados infantis e tarefas domésticas. A versão de 2018 pesquisou 16.518 pessoas entre 15 e 79 anos de idade.


Mostrar mais
Mãe com criança na frente do computador

Mostrar mais

Tempo parcial é faca de dois gumes para mulheres

Este conteúdo foi publicado em A carreira de Ingrid Bringas ia de vento em popa em uma grande multinacional na Suíça até o momento de contar aos chefes que estava grávida. “Estava coordenando um projeto global para a Ceva Logistics. Eram 13 a 14 pequenos projetos rodando paralelamente. Contei-lhes que estava grávida e logo fui substituída na chefia do projeto.…

ler mais Tempo parcial é faca de dois gumes para mulheres

swissinfo.ch/fh

Notícias

Imagem

Mostrar mais

Mercado brasileiro de café atrai Nestlé

Este conteúdo foi publicado em Por meio de sua marca Nescafé, a empresa está focando especialmente nas necessidades e desejos do mercado jovem.

ler mais Mercado brasileiro de café atrai Nestlé
Imagem

Mostrar mais

FIFA abre portas para sair da Suíça

Este conteúdo foi publicado em A entidade máxima do futebol internacional lançou as bases formais para uma saída teórica de sua sede em Zurique.

ler mais FIFA abre portas para sair da Suíça
Imagem

Mostrar mais

Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Este conteúdo foi publicado em A Suíça planeja introduzir um banco de dados para os passageiros de voos para coletar e processar dados pessoais em uma tentativa de combater o terrorismo e crimes graves.

ler mais Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos
Imagem

Mostrar mais

Gel suíço pode curar embriaguez

Este conteúdo foi publicado em Um gel recém-desenvolvido composto de proteínas de soro de leite decompõe o álcool no corpo e pode reduzir seus efeitos nocivos e intoxicantes em humanos.

ler mais Gel suíço pode curar embriaguez
bondinho

Mostrar mais

Bondinhos suíços bombaram no inverno 2023-2024

Este conteúdo foi publicado em Na temporada de inverno até o final de abril de 2024, as operadoras de bondinhos e teleféricos transportaram 3% mais visitantes em comparação com o inverno anterior e 5% a mais do que a média de cinco anos.

ler mais Bondinhos suíços bombaram no inverno 2023-2024
rio

Mostrar mais

Suíça investirá 1 bi para evitar enchentes no Reno

Este conteúdo foi publicado em Como parte de um acordo internacional com a Áustria, o governo suíço quer investir CHF 1 bilhão (US$ 1,1 bilhão) em medidas de proteção contra enchentes ao longo do Reno nas próximas três décadas.

ler mais Suíça investirá 1 bi para evitar enchentes no Reno

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR