Navigation

Responsáveis médicos alertam para colapso do sistema hospitalar

Os diretores dos hospitais temem uma terceira onda da Covid-19 após o Natal. Keystone / Gaetan Bally

Representantes de cinco hospitais universitários enviaram um aviso ao Ministro da Saúde Alain Berset sobre a sobrecarga das instituições médicas devido ao fluxo de pacientes com coronavírus.

Este conteúdo foi publicado em 14. dezembro 2020 - 07:00
swissinfo.ch/fh

No domingo, o jornal SonntagsZeitung relatou que os médicos haviam enviado à Berset uma carta conjunta expressando "grande preocupação com a situação atual". Eles escreveram que os leitos nas unidades de terapia intensiva estão se tornando escassos e que o pessoal de enfermagem chegou ao limite. Além disso, mais de 4.000 operações foram adiadas nestes hospitais desde outubro. 

"Vão surgir questões éticas", advertiu Uwe E. Jocham, diretor do Inselspital na capital suíça, Berna. 

Os diretores dos hospitais temem que haja uma terceira onda após o Natal e que o sistema hospitalar entre em colapso. Por isso, eles estão pedindo uma intervenção mais rigorosa do Conselho Federal, o governo suíço. No Hospital Universitário de Zurique existem apenas três leitos livres na unidade de terapia intensiva, disseram eles.

"O sistema de saúde já está sobrecarregado. Há semanas", declararam Urs Karrer, médico chefe do Hospital Cantonal de Winterthur, Huldrych Günthard, professor de doenças infecciosas do Hospital Universitário de Zurique, e Gerhard Eich, chefe especialista em doenças infecciosas do Hospital Triemli.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo