Navigation

Suíça mantém ajuda à Síria

Após dez anos de conflito na região, a ajuda à população civil da Síria e de seus países vizinhos continua sendo crucial. Keystone / Obs/caritas Schweiz/alexandra We

A Suíça está disponibilizando mais CHF60 milhões (US$ 63,8 milhões) este ano para ajuda humanitária à população da Síria e de seus países vizinhos.

Este conteúdo foi publicado em 01. abril 2021 - 07:00
swissinfo.ch/fh

A promessa foi feita em uma conferência das Nações Unidas, realizada em Bruxelas na terça-feira, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores suíçoLink externo.

O evento de alto nível visa manter o apoio da comunidade internacional para atender às necessidades da população na região assolada pela crise.

Johannes Matyassy, representante do Ministério das Relações Exteriores na conferência online, também confirmou o compromisso da Suíça de ajudar a facilitar uma solução política sustentável na Síria.

É a terceira vez consecutiva que a Suíça contribui com CHF60 milhões na conferência de Bruxelas.

No total, doadores internacionais prometeram CHF6 bilhões para evitar que os sírios fugissem de uma década de guerra civil, de acordo com a União EuropeiaLink externo, que co-organizou a conferência.

No entanto, os críticos apontam que os fundos estão aquém do objetivo de 10 bilhões de dólares, pois os governos lutam com economias enfraquecidas em meio à pandemia de Covid.

Durante os últimos dez anos, a Suíça contribuiu com cerca de 522 milhões de francos suíços para ajudar a atender as necessidades da população da região. É o maior esforço humanitário de longo prazo do país, disse o Ministério das Relações Exteriores.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.