Navigation

Um quinto dos suíços têm dupla nacionalidade

A italiana é a segunda cidadania mais comum. © Keystone / Christian Beutler

Entre 2010 e 2019, a proporção de adultos suíços com dois passaportes aumentou de 14% para 19%, revelam as últimas estatísticas.

Este conteúdo foi publicado em 28. janeiro 2021 - 15:47
swissinfo.ch/fh

Pouco menos de um milhão de adultos suíços (acima de 15 anos) tinham dupla nacionalidade em 2019, em comparação com 700.000 em 2010, disse o Departamento Federal de Estatística na quinta-feira.

Destes, 65% obtiveram seu passaporte suíço através de um processo de naturalização, enquanto os outros 35% nasceram com ele. A italiana foi a segunda cidadania mais comum (24% do total), seguida pela francesa (11%), alemã (9%), depois turca, portuguesa e espanhola.

Embora isto represente um aumento ao longo da década, o número de pessoas que obtiveram a cidadania caiu em 2019: 41.015 receberam um passaporte suíço naquele ano, o que representa uma queda de 3,2% em relação a 2018.

E um número consideravelmente menor de pessoas recebeu a cidadania acelerada, um processo disponível para os cônjuges de um cidadão suíço e para os filhos de um imigrante naturalizado que viveu no país por cinco anos. A extensão das regras facilitadas aos imigrantes de terceira geração em fevereiro de 2018 também não pareceu ter um efeito: os números gerais da cidadania acelerada caíram de 9.000 para 6.314.

Genebra conta com a maior proporção de pessoas de dupla nacionalidade, com quase 50% de todos os residentes no cantão possuindo dois passaportes. Em Uri e Appenzell Inner Rhoden, apenas cerca de 5% têm esse status.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.