Perspectivas suíças em 10 idiomas

Ticino fecha todas as escolas para conter coronavírus

School room
As escolas foram suspensas no cantão mais afetado pelo coronavírus na Suíça © Keystone / Gaetan Bally

O cantão do Ticino, que faz fronteira com a Itália, estendeu suas medidas de emergência para combater a propagação do coronavírus, fechando todas as escolas, incluindo os estabelecimentos de ensino obrigatório.

O anúncio de sexta-feira segue uma série de medidas tomadas no início da semana, quando o cantão declarou “estado de emergência”, dando às autoridades o poder de agir no interesse da saúde pública.

Na Suíça, a educação é da responsabilidade dos cantões, para que eles possam tomar decisões sobre o fechamento de escolas. Entretanto, a lei sobre epidemias permitiria que o governo federal interviesse e ordenasse o fechamento de escolas de forma geral ou parcial, se necessário.

O Ticino, até agora, tem mais infecções e mortes resultantes do coronavírus do que qualquer outro cantão suíço.

As autoridades já fecharam salas de cinema, estações de esqui, salas de esporte, discotecas e escolas não obrigatórias. A partir de segunda-feira, todas as escolas do jardim-de-infância ao nível secundário serão suspensas. As autoridades disseram que os edifícios escolares seriam utilizados para criar creches para crianças.

Uma das 12 medidas já introduzidas no Ticino desencoraja as pessoas com mais de 65 anos de idade a cuidarem de crianças ou de utilizarem transportes públicos. Os eventos com mais de 50 pessoas também foram proibidos.

A fronteira entre a Suíça e a Itália permanece aberta para acolher os 68.000 trabalhadores que fazem a travessia todos os dias. Mas vários pontos de passagem de fronteira menores foram fechados na quarta-feira.

As ligações de transporte aéreo e ferroviário entre os dois países também foram restringidas.

Os prestigiados Institutos Federais de Tecnologia da Suíça em Zurique e Lausanne (ETHZ e EPFL) decidiram separadamente suspender todo o ensino em sala de aula durante o restante do semestre, que termina em 29 de maio. As universidades mudarão temporariamente para um modelo de ensino à distância.


Mostrar mais
Teste rápido de Covid-19

Mostrar mais

Boletim: Coronavírus na Suíça

Este conteúdo foi publicado em Acompanhe também a evolução da pandemia no mundo através de uma série de gráficos atualizados semanalmente.

ler mais Boletim: Coronavírus na Suíça


swissinfo.ch/fh

Notícias

Imagem

Mostrar mais

Mercado brasileiro de café atrai Nestlé

Este conteúdo foi publicado em Por meio de sua marca Nescafé, a empresa está focando especialmente nas necessidades e desejos do mercado jovem.

ler mais Mercado brasileiro de café atrai Nestlé
Imagem

Mostrar mais

FIFA abre portas para sair da Suíça

Este conteúdo foi publicado em A entidade máxima do futebol internacional lançou as bases formais para uma saída teórica de sua sede em Zurique.

ler mais FIFA abre portas para sair da Suíça
Imagem

Mostrar mais

Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Este conteúdo foi publicado em A Suíça planeja introduzir um banco de dados para os passageiros de voos para coletar e processar dados pessoais em uma tentativa de combater o terrorismo e crimes graves.

ler mais Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR