Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Medidas extraordinárias Ticino fecha todas as escolas para conter coronavírus

O cantão do Ticino, que faz fronteira com a Itália, estendeu suas medidas de emergência para combater a propagação do coronavírus, fechando todas as escolas, incluindo os estabelecimentos de ensino obrigatório.

School room

As escolas foram suspensas no cantão mais afetado pelo coronavírus na Suíça

(© Keystone / Gaetan Bally)

O anúncio de sexta-feira segue uma série de medidas tomadas no início da semana, quando o cantão declarou "estado de emergência", dando às autoridades o poder de agir no interesse da saúde pública.

Na Suíça, a educação é da responsabilidade dos cantões, para que eles possam tomar decisões sobre o fechamento de escolas. Entretanto, a lei sobre epidemias permitiria que o governo federal interviesse e ordenasse o fechamento de escolas de forma geral ou parcial, se necessário.

O Ticino, até agora, tem mais infecções e mortes resultantes do coronavírus do que qualquer outro cantão suíço.

As autoridades já fecharam salas de cinema, estações de esqui, salas de esporte, discotecas e escolas não obrigatórias. A partir de segunda-feira, todas as escolas do jardim-de-infância ao nível secundário serão suspensas. As autoridades disseram que os edifícios escolares seriam utilizados para criar creches para crianças.

Uma das 12 medidas já introduzidas no Ticino desencoraja as pessoas com mais de 65 anos de idade a cuidarem de crianças ou de utilizarem transportes públicos. Os eventos com mais de 50 pessoas também foram proibidos.

A fronteira entre a Suíça e a Itália permanece aberta para acolher os 68.000 trabalhadores que fazem a travessia todos os dias. Mas vários pontos de passagem de fronteira menores foram fechados na quarta-feira.

As ligações de transporte aéreo e ferroviário entre os dois países também foram restringidas.

Os prestigiados Institutos Federais de Tecnologia da Suíça em Zurique e Lausanne (ETHZ e EPFL) decidiram separadamente suspender todo o ensino em sala de aula durante o restante do semestre, que termina em 29 de maio. As universidades mudarão temporariamente para um modelo de ensino à distância.




swissinfo.ch/fh

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Conteúdo externo

Viver e trabalhar nas montanhas graças à internet

Viver e trabalhar nas montanhas graças à internet

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.