Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Patrimônio Mundial Relojoaria suíça pede reconhecimento da UNESCO

A Suíça e a França enviaram um pedido conjunto para que a UNESCO reconheça a arte e a mecânica de seus relógios. A organização decidirá se irá incluir a tradição relojoeira à Lista do Patrimônio Cultural Imaterial em novembro de 2020.

clockmaker

Com a Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, a UNESCO deseja preservar tradições, ofícios tradicionais e eventos festivos

(swissinfo.ch)

O know-how suíço na relojoaria vai de Genebra a Schaffhausen, ao longo da cordilheira do Jura, que divide a Suíça da França.

A fabricação de autômatos e caixas de música na região de St. Croix também faz parte do pacote, informou o Departamento Federal da Cultura.

Vários artesãos, empresas, escolas, museus e associações transmitem estas técnicas nesta área franco-suíça. As técnicas variam da manual e tradicional à inovadora.

"Uma das características desta proposta está em sua ligação com o planejamento urbano de La Chaux-de-Fonds e Le Locle, inscrito na Lista do Patrimônio Mundial em 2009", observou o departamento da cultura.

O museu internacional da relojoariaLink externo em La Chaux-de-Fonds também está coberto pela proposta.


Alpes



swissinfo.ch/fh

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.