Navigation

Afeganistão realiza recontagem inédita de votos

(Junho) Apuração em Cabul afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 16. julho 2014 - 17:56
(AFP)

A Comissão Eleitoral afegã inicia nesta quinta-feira uma inédita verificação dos 8,1 milhões de votos emitidos na eleição presidencial de 14 de junho, informaram fontes oficiais.

O processo, que durará ao menos três semanas, foi aceito pelos dois candidatos adversários, Abddulah Abddulah e Ashraf Ghani, que disputam a vitória em meio a acusações de fraude.

O secretário de Estado americano, John Kerry, em sua visita a Cabul, anunciou no domingo que os dois candidatos à presidência no Afeganistão haviam chegado a um acordo para que os votos do segundo turno da eleição presidencial passassem por uma recontaem.

"Os dois candidatos se comprometeram a participar e a esperar os resultados da verificação. Cada voto, o conjunto dos oito milhões de votos, será verificado", disse Kerry, depois de se reunir com os dois candidatos e com autoridades afegãs.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?