Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A diretora do FMI, Christine Lagarde, durante evento na sede da instituição em Washington em 2 de julho

(afp_tickers)

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, felicitou nesta quarta-feira a presidente Dilma Rousseff pelo "sucesso" da cúpula do BRICS, destacando que o Fundo ficará "encantado" em colaborar com os países emergentes.

"Quero felicitá-la por organizar uma bem sucedida reunião do BRICS em Fortaleza", disse Lagarde em uma mensagem à Dilma.

"O pessoal do Fundo ficará encantado de trabalhar com o BRICS (...) com o objetivo de reforçar a cooperação entre todos os mecanismos de proteção internacional para preservar a estabilidade financeira no mundo".

Dilma e os presidentes de Rússia, Vladimir Putin; China, Xi Jinping; África do Sul, Jacob Zuma, e o premier indiano, Narendra Modi, aprovaram na terça-feira a criação de um banco de desenvolvimento para financiar infraestruturas em seus países e em outros em desenvolvimento, com um capital de 50 bilhões de dólares, e um compromisso para disponibilizar 100 bilhões de dólares de suas reservas para enfrentar eventuais situações de crise.

"O FMI tem uma relação muito forte com todos os países do BRICS, que são membros-chave desta instituição", destacou Lagarde, que espera "fortalecer ainda mais esta colaboração".

As reformas sobre a governança do FMI - atualmente controlado em suas estruturas de poder por Europa e Estados Unidos - em favor dos país emergentes estão bloqueadas há dois anos por um veto do Congresso em Washington.

AFP